Lazer em Salvador, Ponto Turístico de Salvador

7 opções de lazer em Salvador para o turista

Pôr do sol no Farol da Barra

Salvador é um dos principais destinos turísticos do Brasil. A capital baiana oferece de tudo um pouco. Ou seja, tem festas, praias, bares e restaurantes incríveis, museus, pontos turísticos, patrimônio histórico, cultural e arquitetônico. As atrações são, portanto, muito diversificadas. Então, não faltam boas opções de lazer em Salvador para o turista. Além disso, Salvador possui uma população calorosa, sempre disposta a receber com boas energias os seus visitantes. Nesse artigo, vamos apresentar alguns dos atrativos que colocam Salvador nas primeiras opções do ranking turístico brasileiro. São 7 opções que você não pode deixar de visitar quando vier à terra do axé.

1. Farol da Barra é destaque entre as opções de lazer em Salvador

Farol da Barra: opção de lazer em Salvador

Erguido em 1536, o Farol da Barra é considerado a primeira fortificação do Brasil. Porém, a torre que hoje existe no local foi instalada em 1839, como homenagem ao nascimento de D. Pedro II.

Ele abriga o Museu Náutico da Bahia, e seu acervo possui objetos de épocas variadas. Por exemplo, alguns que chegaram a ficar submersos por cerca de 300 anos. Por isso, se destaca como importante opção de lazer em Salvador.

Logo pertinho do Farol, o Porto da Barra é uma das praias mais encantadoras da capital baiana. Suas águas calmas e cristalinas são um convite à parte, pois proporcionam um banho de mar marcante.

Toda a região da Barra é cercada por bares e restaurantes, para agradar os mais variados gostos. Ademais, uma dica boa é assistir ao pôr-do-sol atrás do Farol, pois é uma das imagens mais lindas de Salvador.

2. Centro Histórico e Pelourinho

Opção de lazer em Salvador: Centro Histórico/Pelourinho

O Centro Histórico de Salvador é uma região muito rica, especialmente em valor histórico, arquitetônico e cultural. Isso porque o local abriga o maior conjunto arquitetônico colonial da América Latina, declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco em 1985.

As ruelas, becos e ladeiras do Centro Histórico traduzem grande parte da história de Salvador. O conjunto urbano, inclusive, possui inúmeros monumentos tombados pelo Iphan.

O Pelourinho é um importante símbolo do Centro Histórico e oferece inúmeras opções de lazer em Salvador ao turista. São igrejas, museus, bares, restaurantes, praças de eventos, teatros, conventos, galerias, espaços culturais e muito mais.

É lá que está também o Casarão 17, onde está instalado o Mariposa Restô. Um dos mais importantes e procurados restaurante da região oferta culinária diversificada com preços acessíveis.

No Casarão 17, também é possível fazer a foto mais famosa do Pelourinho, com a Praça da Sé de cenário. Além disso, o espaço abriga a loja das Havaianas, cujos produtos já se tornaram os presentes favoritos dos turistas, pelo estilo, beleza e conforto.

No Centro Histórico estão mais de três mil imóveis dos Séculos XVI a XIX, ou seja, você terá um passeio que conta grande parte da história da cidade.

3. Rio Vermelho está entre as famosas opções de lazer em Salvador

Rio Vermelho entre opções de lazer em Salvador

O Rio Vermelho é considerado um dos bairros mais boêmios da capital baiana, pois é ponto de encontro da galera jovem e antenada de Salvador. Badalado, o bairro é marcado por sua energia eclética, pois reúne diversos públicos, ritmos e opções.

Localizado na Orla de Salvador, o Rio de Vermelho proporciona uma vista belíssima, com um pôr-do-sol diferenciado. O bairro é também palco de manifestações culturais importantes, por exemplo, a Festa de Iemanjá.

No bairro, há algumas opções de lazer imperdíveis. Assim, você tem que ir, pelo menos, à praia do Buracão, o mercado da Ceasinha, a Casa de Iemanjá e também a Casa do Rio Vermelho, antiga morada de Jorge Amado e Zelia Gattai.

4. Cidade Baixa

Cidade Baixa guarda diversos atrativos

A Cidade Baixa se conecta à Cidade Alta de Salvador por um importante equipamento, cartão-postal da capital baiana, o Elevador Lacerda. Reconhecido como primeiro elevador urbano do mundo, ele funciona perfeitamente e foi inaugurado em 1872, para solucionar o problema da falha geológica da cidade, interligando as duas regiões de maneira rápida.

Porém, a Cidade Baixa vai muito além das redondezas do Mercado Modelo. A partir desse ponto, o turista consegue fazer um trajeto longo e repleto de surpresas, passando pelo Bonfim e Ribeira, até chegar às praias incríveis do Subúrbio Ferroviário.

Nesse percurso, não dá para deixar de passar na Basílica Senhor do Bonfim e amarrar sua fitinha nas grades da igreja. Você também precisa fazer uma parada na Ponta de Humaitá, outro local com um apreciável pôr-do-sol.

Com seus inúmeros restaurantes, sorveterias, bares e praias, a Cidade Baixa é um encanto à parte. Ou seja, uma das imperdíveis opções de lazer em Salvador.

5. Praia de Itapuã

Praia de Itapuã foi eternizada em canção

O bairro de Itapuã ficou eternizado na canção Tarde em Itapuã, na voz de Toquinho, com letra de Vinícius de Moraes. A praia atrai turistas e soteropolitanos, sobretudo por sua beleza e tranquilidade, e é uma disputada opção de lazer em Salvador.

Antes de tudo, sua localização é privilegiada, pois fica bem pertinho do aeroporto de Salvador. O bairro reúne, inclusive, ótimas opções de hospedagem. Também não deixa nada a desejar em questões de lazer, com seus bares, restaurantes e casas de shows.

Assim como a praia é um destino certo em Itapuã, o turista também pode programar uma visitinha ao Farol de Itapuã e ao Parque do Abaeté.

6. Cidade da Música da Bahia é uma deliciosa opção de lazer em Salvador

Cidade da Música da Bahia é atrativo em Salvador

O museu Cidade da Música da Bahia foi construído recentemente, a fim de fazer um resgate da história da música produzida em Salvador. Ou seja, você terá acesso a muitos vídeos, entrevistas e espaços interativos que valorizam a cultura musical local.

Todo o acervo da Cidade da Música da Bahia é audiovisual, com aproximadamente 750h de conteúdo. Além disso, o espaço oferece wi-fi gratuito, para facilitar a interação com os equipamentos. São quatro pavimentos, e quase dois mil m² de área construída.

Nos espaços interativos, o visitante terá a oportunidade de participar de uma oficina de percussão e, ainda, gravar seu vídeo no karaokê. Há também uma sala em que é possível soltar o corpo e dançar ao som das músicas locais que passam no telão. Esta é, sem dúvida alguma, uma gostosa opção de lazer em Salvador

7. Casa do Carnaval

Casa do Carnaval apresenta história da festa

A história da folia de Momo é contada com muita interatividade, tecnologia e alegria na Casa do Carnaval. O visitante participa, portanto, de uma verdadeira viagem, que eleva seus sentidos a outro patamar.

Uma das mais importantes festas da capital baiana ganha uma narrativa interessante, com os recortes apresentados da festa. São quatro pavimentos, com maquetes, instrumentos, roupas, documentos históricos, fotos. Ademais, ainda há dois cinemas que funcionam como oficinas.

Por fim, no espaço da cobertura dá para apreciar uma linda vista para a Baía de Todos-os-Santos e grande parte da Cidade Baixa.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.